Comitiva de Ministro da Integração, em visita a região da obra do PISF, conhece Cemafauna Caatinga


Na tarde da última sexta-feira, 25, o Ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi e mais nove autoridades políticas sobrevoaram os trechos da obra do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF) nas cidades de Juazeiro do Norte-CE, São José de Piranhas-PB, Jati-CE, Cabrobó-PE e em Petrolina-PE conheceram as instalações do Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga) e Núcleo de Ecologia e Monitoramento Ambiental (NEMA), ambos programas ambientais estabelecidos pelo Ministério e abraçados pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).
Durante a visita, acompanhados ainda pelos reitor e vice-reitor da Univasf, os professores Julianeli Tolentino e Telio Nobre Leite, os senadores Blairo Maggi, Elmano Férrer, Jorge Viana, Raimundo Lira, os deputados federais Beto Rosado, Fernando Monteiro, Raimundo Gomes de Matos, Sibá Machado e o secretário de Infraestrutura Hídrica, Osvaldo Garcia ficaram impressionados com a estrutura do Centro, pois não imaginavam a amplitude das ações realizadas.
De acordo com o Ministro, que esteve a cerca de um mês na região quando veio a primeira vez ao Cemafauna, o intuito dessa visita foi justamente mostrar in loco a dimensão dos programas da obra. “Eu fiquei tão bem impressionado com tudo que eu vi que faço questão de trazer outras pessoas que podem nos ajudar institucionalmente, nacionalmente, no Congresso Nacional para poder dar a devida divulgação da dimensão do trabalho que é feito não só pela obra da transposição”, ressaltou.
Occhi ainda destacou que teve a grata satisfação de trazer os parlamentares federais, não só da região, mas, a exemplo, um senador do Acre, um deputado federal do Rio Grande do Norte, estado que será beneficiado pelo abastecimento de água. “Nós olhamos muito a obra porque ela é quem leva a água, mas existe um outro mundo de investimentos que nós estamos tratando também; a revitalização do Rio São Francisco, cuidar das famílias que moravam onde o trecho passa, dar abastecimento de água a outras comunidades que ficam nas proximidades da transposição, cuidar da fauna e da flora igual ao que a Univasf está fazendo. Para nós é um depoimento gratificante, emocionado e que eu procurarei fazê-lo cada vez mais em todos os lugares que eu tiver oportunidade”, afirmou.
Jaquelyne Costa/Ascom Cemafauna 
Compartilhar no Google Plus

Postado por André Luiz

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.