Nível do Lago de Sobradinho baixa ainda mais e chega a pouco mais de 10%


O Lago de Sobradinho, norte da Bahia, está com apenas 11,12% de sua capacidade total de armazenamento, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) divulgados ontem (10).
A vazão do reservatório continua mantida em 900 metros cúbicos por segundo. Segundo a Agência Nacional de Águas (ANA), a redução deve vigorar até o dia 31 de outubro.
Por todos os lados, o Rio São Francisco já dá sinais de que a situação está precária. Caso não volte a chover nos próximos dias na região de Minas Gerais (cabeceira do Velho Chico), a previsão é que o Lago chegue ao fim do período seco, em novembro, com 5% da sua capacidade de armazenamento, percentual registrado em 2001, quando houve o racionamento de energia.
O baixo nível do reservatório tem afetado inúmeras cidades da região, a exemplo de Sento Sé, Casa Nova e Remanso, ambas no norte baiano, além de deixar Juazeiro e Petrolina em alerta.
Construído há 40 anos, o Lago de Sobradinho colocou debaixo d’água 4,2 mil quilômetros quadrados de área – equivalente a seis capitais somadas: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre e Salvador.
O reservatório tem cerca de 320 km de extensão, com capacidade de armazenamento de 34,1 bilhões de metros cúbicos de água. Além do abastecimento, a barragem é responsável por 58% do consumo de energia do Nordeste. (foto/ arquivo Marco Aurélio/Blog do Carlos Britto)
Compartilhar no Google Plus

Postado por André Luiz

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.