Mais de três mil projetos inscritos para seleção no Bahia Produtiva


As inscrições dos três primeiros editais de chamadas públicas, lançados pelo projeto Bahia Produtiva, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), superaram as expectativas. 

Ao todo, foram 3.157 inscrições.  Foram cadastradas 247 manifestações de interesse para a chamada de apoio a cadeia produtiva da apicultura e meliponicultura, 313 para apoio da bovinocultura de leite e 2.597 para apoio a subprojetos socioambientais. 

O investimento total dos editais é de R$ 80 milhões, com recursos do Estado e do Banco Mundial. Serão beneficiados agricultores familiares, empreendedores da economia solidária, povos e comunidades tradicionais e famílias assentadas de reforma agrária de todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia. 

De acordo com o diretor presidente da CAR, Wilson Dias, as manifestações de interesse já estão sendo analisadas e selecionadas pela equipe técnica da CAR. “Esses projetos serão conveniados e nós faremos todo o acompanhamento da execução e fiscalização de controle”.

Para Dias, os editais são importantes para fomentar esses três setores no estado. “Os editais irão ajudar a dinamizar a cadeia da apicultura e da bovinocultura de leiteira, dois importantes setores onde os agricultores familiares têm condições imediatas de dobrar ou triplicar suas rendas, com investimentos em suas propriedades e nas unidades de beneficiamento. Já o edital socioprodutivo é mais amplo e vai ajudar os agricultores a desenvolverem atividades que vão ajudar na segurança alimentar e nutricional, mas também gerar um excedente de frutas e verduras que vão para o mercado”, ressaltou.

Associações e cooperativas capacitadas

Desde a abertura dos editais do Bahia Produtiva, os assistentes territoriais do projeto atuaram nos 27 Territórios de Identidade da Bahia com a realização de capacitações para associações comunitárias, sindicatos e cooperativas dos municípios consorciados, visando à concorrência aos editais do projeto.

Para o assistente territorial do Bahia Produtiva, Eduardo Lima, o número de manifestações mostra que o trabalho realizado pela equipe do Bahia Produtiva está de parabéns. “Fazemos nosso trabalho sempre lembrando que um projeto desse vai trazer mais alegria  e conforto pra uma família que realmente necessita. É satisfatório”. 

Já o assistente territorial Gilmário Mendes ressaltou que o número de inscrições é inédito na história desse estado. “A mobilização e participação de grupos da Agricultura Familiar foi intensa e temos grupos que concorre a um edital pela primeira vez. O Bahia Produtiva é inclusão Produtiva e Social”. 

O beneficiário Romildo Dias Teles, da comunidade de Patos, localizada em Caldeirão Grande, destacou que a capacitação foi uma oportunidade de ter acesso à informação. “Pudemos tirar dúvidas e participar de uma ação que pode trazer para nós do campo uma oportunidade de trabalho”. 
Compartilhar no Google Plus

Postado por André Luiz

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.