FBI alertou Itália sobre risco de ataques no Vaticano


Autoridades de segurança dos Estados Unidos alertaram a Itália sobre a possibilidade de terroristas estarem planejando ataques no país. Em entrevista à rádio RAI nesta quinta-feira, o ministro das Relações Exteriores italiano, Paolo Gentiloni, disse que os alvos seriam, de acordo com o FBI, a Basílica de São Pedro, no Vaticano, e a Catedral de Milão ou o Teatro alla Scala, também em Milão.

Ainda segundo Gentiloni, as forças de segurança da Itália estão trabalhando para identificar cinco possíveis suspeitos. Ele disse que a embaixada americana em Roma não aconselhou que turistas deixem de visitar o país, mas pediu que tomem cuidado em algumas regiões.

Segundo a RAI, porém, "não há sinais diretos de ameaças concretas" em conexão com as informações recebidas. A missa semanal do papa Francisco ocorreu nesta quarta-feira sem nenhum incidente no Vaticano, apesar de seu contingente de guarda-costas ter sido reforçado. Cerca de 700 soldados estão sendo enviados para Roma por questões de segurança. Já a temporada de óperas no Teatro alla Scala começará em 7 de dezembro.

Europa - Na última sexta, uma série de ataques terroristas do Estado Islâmico (EI) em Paris deixou 129 mortos e 152 feridos. Depois do ocorrido, diversos países da Europa aumentaram o alerta em relação a possíveis atentados. Dois jogos de futebol que aconteceriam na terça-feira foram cancelados: um na Alemanha por suspeita de bomba no estádio em Hanover e outro na Bélgica, devido ao risco de terrorismo.

Informações/Veja 
Compartilhar no Google Plus

Postado por André Luiz

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.