IF Sertão-PE reúne parceiros para discutir ações do Pronatec


O empresário Fábio Rezende fez parte de uma das primeiras turmas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), ofertada em 2012 pelo campus Petrolina Zona Rural do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE). Ainda estudante do curso técnico em Agrimensura, Fábio, dono de uma empresa de topografia, conseguiu aliar os conhecimentos adquiridos durante as aulas à sua carreira profissional, ampliou os negócios e terminou empregando doze de seus colegas de turma.
Relatos como o do ex-aluno marcaram o primeiro encontro do “IF Sertão-PE entre Diálogos – Educação e Qualificação Profissional: experiências e parcerias”, realizado nesta segunda-feira (9), no campus Petrolina Zona Rural, com o objetivo de apresentar os resultados e experiências do Pronatec, no período de 2012 a 2014, e fortalecer as parcerias entre o instituto e municípios parceiros. O evento contou com as presenças da pró-reitora de Extensão, Gleide Coimbra, da diretora-geral do campus, Jane Perez, da coordenadora-geral do Pronatec, Eliene Silva, além de representantes dos municípios de Curaçá, Remanso, Casa Nova e Sobradinho, na Bahia, Afrânio e Santa Filomena, em Pernambuco.
De acordo com a pró-reitora de Extensão, Gleide Coimbra, o momento é de avaliar as ações e resultados do programa e propor soluções para eventuais problemas. “O Pronatec potencializou o esforço educacional do IF Sertão-PE na oferta de cursos e na ampliação de número de parcerias. Esse diálogo tem que ser permanente para que a instituição possa atender as reais necessidades da comunidade externa”, considerou. Para a diretora-geral do campus, Jane Perez, o sucesso dos alunos evidencia a qualidade do trabalho que está sendo desenvolvido. “O que importa para a gente é saber que esses cursos mudaram um pouco ou muito a vida de quem participou”.
A chegada do Pronatec nesses municípios mudou as realidades locais. Este foi um consenso nos discursos dos parceiros presentes, que falaram dos desafios, das demandas, dificuldades e resultados, em grande parte positivos e estimulantes. “É um orgulho ver que os moradores de Afrânio não precisam sair do município para ter uma oportunidade. A gente tem interesse de receber mais cursos, de apoiar, não colocamos limitações nem dificuldades porque crescemos juntos com vocês”, disse a secretária de Educação de Afrânio, Maria das Dores Evangelista.
Segundo dados apresentados pelo coordenador do programa no campus Petrolina Zona Rural, Fábio Freire, e pelo coordenador do Centro de Referência de Afrânio, Sebastião Costa, mais de 3800 vagas já foram ofertadas através do campus, no período de 2012 a 2014, entre cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) e na modalidade subsequente. “O que temos visto é que esse programa é extremamente importante para os municípios, não só em relação à formação profissional, mas pelo crescimento pessoal e desenvolvimento econômico”, afirmou Fábio Freire.
O próximo encontro está previsto para acontecer no campus Petrolina, no próximo dia 16 de novembro.
Inês Guimarães/If Sertão PE 
Compartilhar no Google Plus

Postado por André Luiz

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.