Médicos residentes do HDM em Petrolina aderem a greve nacional


Os médicos residentes do Hospital Dom Malan (HDM), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, aderiram a greve, deflagrada nesta quarta-feira (9), nas unidades hospitalares do Estado. O movimento acompanha a pauta nacional de reivindicações, feitas pela Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR), que cobram melhorias estruturais nos hospitais. A greve segue por tempo indeterminado.
Apesar da paralisação, os médicos de Petrolina continuarão os atendimentos dos serviços essenciais. Segundo comunicado do Conselho Federal de Medicina (CFM), deve ser mantida a escala mínima de 30% do quadro habitual de médicos residentes nas unidades de urgência, emergência e nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI), além dos plantões de intercorrências nas enfermarias. Já as demais atividades estarão suspensas.
De acordo com os residentes de Petrolina, além das reivindicações em âmbito nacional, os médicos cobram melhor remuneração e valorização da preceptoria, aumento do quadro de preceptores, manutenção e ampliação dos serviços ambulatoriais, manutenção e ampliação das cirurgias eletivas.
Segundo representantes da categoria em Petrolina, nesta quinta-feira (10), a partir das 8h, os residentes estarão na Praça do Bambuzinho, no Centro da cidade, realizando serviços como aferição de Pressão Arterial, teste de glicemia e avaliação de exames e do cartão de vacinação da criança. Os médicos também irão tirar dúvidas da população sobre Dengue, Zika Vírus e Chikungunya.
Informações/G1
Compartilhar no Google Plus

Postado por André Luiz

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.