Organizações sociais realizam atividades na Semana da Água em Sobradinho e região


O dia 22 de março, celebrado mundialmente como Dia da Água desde 1992, mais uma vez será marcado por atividades que objetivam discutir o tema de forma global, porém com destaque para a realidade do Semiárido brasileiro. Com o tema “Crise hídrica: a insegurança continua!”, a intenção é problematizar as causas da situação hídrica no país e na região que, apesar das chuvas do início do ano, continua preocupante.

Em Juazeiro, um seminário será realizado durante o dia 22, na Univasf, aberto a participação de organizações, estudantes, pesquisadores/as, governos e sociedade em geral. Além do tema geral, estará em debate o Rio São Francisco, Saneamento Básico, Água no Semiárido e Política Estadual de Convivência com o Semiárido. “Nós estamos reafirmando a necessidade de refletir sobre a gestão do ponto de vista quantitativo e qualitativo. Estamos trazendo à tona mais uma vez os vilões da crise e alertando que a crise não acabou”, reforça André Rocha, coordenador do Eixo Clima e Água do Irpaa, uma das organizações realizadoras da Semana da Água na região.

Em Curaçá, do dia 14 ao dia 22, o grupo Galeota das Artes está percorrendo bairros da cidade com apresentações de música e teatro refletindo estas temáticas, uma ação que conta com o apoio da Paróquia, Pastoral do Meio Ambiente, Sintrafer e Irpaa. Os municípios de Uauá, Remanso, Sento Sé e Sobradinho também sediarão atividades da Semana, em parceria com entidades locais como associações, colônias, pastorais, etc.

André ressalta que além de refletir as causas, as discussões apontam também proposições no campo das políticas públicas e da gestão da água, a exemplo da urgência na elaboração e implementação dos Planos Municipais de Água e construção de tecnologias para captação e armazenamento da chuva no campo e na cidade, visando medidas de bom uso e também de estoque da água, considerando as fontes naturais e artificias.

Este ano, além do Irpaa, participarem da construção da Semana da Água o Comitê das Associações Agropecuárias de Massaroca (CAAM), União das Associações do Vale do Salitre (UAVS), Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco (CBHSF), Articulação Popular São Francisco Vivo, Comitê Popular de Cidadania (MPC), Comissão Pastoral da Terra (CPT), Pastoral do Meio Ambiente, Serviço de Apoio a Agricultura Familiar (Setaf), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Rural do estado que também está apoiando as mobilizações para a Semana da Água.

As temáticas a serem trabalhadas também atendem as reflexões da Campanha da Fraternidade desse ano, cujo tema é “Casa comum: responsabilidade de todos”.

Programação

Juazeiro
Dia 22/03 – Seminário “Crise hídrica: a insegurança continua!”
Local: Univasf – a partir das 9h

Curaçá
De 14 a 22/03 – Apresentações artísticas da Galeota das Ates
Local: bairros de Curaçá

Sento Sé
Dia 22/03 – Seminário “Crise hídrica: a insegurança continua!”
Local: Câmara de Vereadores – 9h

Uauá
Dia 22/03 – Palestra “Crise hídrica: a insegurança continua!”
Local: Comunidade de Santana

Sobradinho
Dia 19/03 – Programa de Rádio
Local: Rádio São Francisco FM – 8h às 9h

Remanso
Dia 01/04 – Oficina “Crise hídrica: a insegurança continua!”

Comunicação - IRPAA
Compartilhar no Google Plus

Postado por André Luiz

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.