Festival Umbuzada Sonora acontece no Centro de Cultura João Gilberto


Entre os dias 23 e 25 de março, o Festival Umbuzada Sonora 2017 vai tomar conta do Centro de Cultura João Gilberto – espaço cultural administrado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia em Juazeiro. O projeto tem o apoio financeiro do Governo da Bahia, através do Fundo de Cultura da Bahia da Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura. Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Sua programação apresenta uma diversidade de artistas e de estilos, com atrações do cenário independente nacional e bandas e artistas da cena local. Dentre os nomes confirmados estão Marcelo Jeneci, Chico Correa, Josyara, Andrezza Santos e a banda Vivendo do Ócio.

Além das atrações musicais, o projeto oferece atividades de formação. A oficina de ‘Planejamento e Divulgação de Eventos em Redes Sociais’, ministrada pelo publicitário Fernando Mariano, acontece na próxima quinta-feira (23), às 14h30. As inscrições custam R$30 através de formulário de inscrição on-line.

Na programação acontece ainda uma mesa redonda que discutirá problemas e estratégias relacionados à música no Brasil, na próxima sexta-feira (24), às 17h. Na sequência, às 19h, acontece um momento de interação das bandas locais Tertúlia e Garagem 5.9.6 com o público através de pockets shows e Jam Session.

O Festival Umbuzada Sonora foi promovido pela primeira vez em 2010. Na época, trouxe para Juazeiro um intercâmbio de bandas e artistas, além da troca de informações do mercado cultural. Hoje, já consolidado, também traz discussões sobre temas importantes para o setor, contextos, problemas, caminhos e transformações na produção musical. Atualmente é considerado um dos melhores eventos musicais do interior do país.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA) – Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br

Espaços Culturais da SecultBA – A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia mantém 17 espaços culturais em diversos territórios de identidade baianos, geridos pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), setor vinculado à Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult). Destes, cinco encontram-se em Salvador – Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro Cultural de Plataforma e Espaço Cultural Alagados – e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro, Valença e Vitória da Conquista. Para mais informações, acesse: www.espacosculturais.wordpress.com.

Compartilhar no Google Plus

Postado por André Luiz

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.