Projeto Cisternas é encerrado em Uauá entregando 327 tecnologias

Uauá foi mais um município beneficiado com o Projeto Cisternas, realizado pelo Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf), através de convênio com o Governo Federal. Ao todo, 327 tecnologias sociais, entre cisternas de consumo humano, cisternas de enxurrada e barreiros, foram entregues e já estão mudando a realidade dos pequenos produtores da cidade.

"Esse barreiro foi uma benção, agora tem água na seca pra os bichos e até pra plantar", disse o Senhor José Ferreira, agricultor da comunidade Serra dos Campos Novos, em Uauá, que recebeu um barreiro, tecnologia construída para captar e armazenar até 500 mil litros de água e que garante água para os animais e para produção agroecológica nos períodos de estiagem.

Além de Uauá, outros municípios como Casa Nova, Curaçá, Sobradinho, Remanso e Sento-Sé receberam cisternas e barreiros que estão transformando a vida daqueles que vivem e produzem em comunidades rurais e que sofrem em tempos de seca. Em Canudos, o projeto está em fase final, onde, até agora, foram finalizadas 264 tecnologias.

De acordo com o coordenador geral de campo, Mauro Macêdo, 70% do Projeto Cisternas já foi concluído. “Nós já entregamos cisternas e barreiros em nove, dos 10 municípios do nosso Território. O décimo município será Campo Alegre de Lourdes. Pilão Arcado também receberá mais tecnologias e estamos executando atualmente também em Juazeiro”, explicou.


Jacqueline Santos/Ascom Constesf
Compartilhar no Google Plus

Postado por André Luiz

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.