Polícia Federal desarticula esquema de fraudes em seguro-defeso de pescadores

A Polícia Federal deu início nesta quarta-feira (25) à Operação Timoneiro para impedir fraudes envolvendo a concessão fraudulenta de seguro-desemprego, na modalidade defeso. As investigações começaram a partir de um relatório do Ministério do Trabalho e Emprego, que identificou 6.988 requerimentos do benefício com indícios de irregularidades. Como resultado, um servidor da pasta lotado na Gerência Regional do Trabalho e Emprego de Caxias do Sul/RS foi preso.  
Na cidade não havia pescadores artesanais, mas isso não impedia o funcionário de efetuar as alterações indevidas nos dados cadastrais dos requerentes, já que ele tinha senhas que permitiam acesso a registros de cidadãos em diversas outras regiões do PaísEstima-se que o esquema criminoso desviou mais de R$ 20 milhões dos cofres públicos. 
Mais da metade dos saques dos valores desviados, inclusive, foram levantados no Amapá. Os dados foram analisados pela PF, que contou com o apoio da Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (Coinp), da Secretaria da Previdência, órgão subordinado ao Ministério da Fazenda. 
Fonte: www.brasil.gov.br

Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.