Alerta Sobradinho: Casos de calazar animal preocupa moradores da cidade

Foto reprodução

Não divulgado pela secretaria de saúde municipal, o aumento de casos de leishmaniose (calazar) animal em Sobradinho, preocupa moradores. Por se tratar de uma doença “negligenciada”, a preocupação é redobrada, já que pode levar a morte em até dois meses. Por tanto, se faz necessária uma ação da Prefeitura Municipal de Sobradinho, além da campanha de vacinação que está em curso.
A doença é transmitida por um mosquito, que infecta animais domésticos, como cães, e que acaba retransmitindo para o ser humano. 
Em Sobradinho é possível se a ver sem muita dificuldade o grande número de cães de rua circulando com a doença, passivo da transmissão em pessoas. A doença é perigosa se torna mais preocupante em crianças e idosos, pela baixa imunidade, e pode levar à morte. “Não há uma estimativa concreta, mas pode-se afirmar que, se não houver tratamento, entre 10 dias a 2 meses, a pessoa infectada pode morrer”.
Diante do fato, é necessário que o setor de controle municipal se mova para essa questão, antes que que o pior ocorra com qualquer cidadão ou cidadã que vive nesse município.

Da Redação
Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.