Mulher de Cunha é condenada pelo TRF-4 a mais de 2 anos de prisão por depósitos não declarados no exterior



O Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF-4) condenou, nesta quarta-feira (18), a esposa do ex-deputado Eduardo Cunha, Cláudia Cruz, a 2 anos e 6 meses de prisão por manutenção de depósitos não declarados no exterior. Ela havia sido absolvida pelo juiz Sérgio Moro, mas o Ministério Público recorreu.

Claudia foi acusada de se beneficiar de parte da propina destinada a Cunha e teria gasto mais de US$ 1 milhão em compras no exterior.

Idalécio de Castro foi condenado a 12 anos e 8 meses por corrupção e lavagem de dinheiro.

Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.