Univasf realiza I Seminário Paradesportivo do Sertão


Fomentar a prática dos esportes paralímpicos na região do Vale do São Francisco. Este é um dos objetivos do “I Seminário Paradesportivo do Sertão: promoção do esporte paralímpico competitivo, educacional e terapêutico”. O evento vai acontecer de 31 de agosto a 1º de setembro, no Auditório da Biblioteca e Complexo Esportivo da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Campus Sede, em Petrolina (PE). As inscrições podem ser realizadas até o dia 20 de agosto e o prazo para submissão de trabalhos vai até dia 13. 
Os interessados devem realizar a inscrição no site do evento. O Seminário tem como público alvo estudantes de graduação, pós-graduação e profissionais das áreas de educação física, fisioterapia, psicologia e medicina e também a comunidade geral. São cobradas taxas de inscrição no valor de R$ 10,00 e R$ 15,00 para estudantes de graduação e pós-graduação da Univasf, respectivamente; R$ 20,00 para estudantes externos; e R$ 30,00 para profissionais. São disponibilizadas 110 vagas. 
O seminário discutirá os desafios da inclusão de pessoas com deficiência na prática esportiva e trará na palestra de abertura o tema “Barreiras e facilitadores para prática do esporte adaptado em jovens com deficiência intelectual”. A programação ainda conta com mesas redondas, minicursos e relatos de experiência.
Confraternização – o encerramento do Seminário será no dia 2 de setembro, com a realização da I Descida de Caiaque do Cefis, em comemoração ao Dia do Profissional de Educação Física e para confraternização dos participantes do evento. Para participar dessa atividade, é preciso fazer a inscrição no site e será cobrada uma taxa de R$ 50,00. O trajeto iniciará na Orla de Juazeiro (BA), às 7h, seguindo até a Ilha do Rodeadouro e retornando às 12h. Será oferecido café da manhã, translado, água mineral, parada para banho na ilha do Maroto, barco de apoio, caiaque individual ou duplo, colete salva vida e remo.
O “I Seminário Paradesportivo do Sertão: promoção do esporte paralímpico competitivo, educacional e terapêutico” é uma realização do Grupo de Estudo e Pesquisa em Atividade Física Adaptada (GEPAFA) da Univasf, Associação Petrolinense de Atletismo (APA) e o Colegiado de Educação Física (Cefis) da Univasf.

Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.