Milhares de crianças pelo país se mobilizam para proteger a água de suas comunidades e espalham a "Primavera X"

Foto Reprodução

Entre os dias 22 e 23 de setembro acontece, em cidades de todas as regiões do país, a "Primavera X", uma gincana nacional que desafia adolescentes, de 11 a 14 anos, a criarem projetos de recuperação e proteção da água, com a preservação de nascentes, riachos, açudes e lagoas. A ação vai ocorrer por meio de mutirões que envolverão suas escolas e comunidades. A iniciativa visa pautar, de maneira crítica e criativa, campanhas inovadoras que chamam a atenção da sociedade em prol do saneamento dos seus municípios, pela garantia de energia e preservação das águas.

Tudo isso protagonizado por crianças e jovens que participaram da V Conferência Nacional Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA) e que agora mobilizam as escolas de suas regiões e suas comunidades, em movimento apoiado pelo programa Criativos da Escola, do Instituto Alana. Agregador de projetos transformadores de estudantes em diferentes temáticas e contextos, o Criativos reconhece alunos e alunas como protagonistas de suas próprias histórias de mudança por meio da premiação "Desafio Criativos da Escola".

Com apoio também do Ministério de Meio Ambiente, da Agência Nacional de Águas e do LiveLab, a Primavera X agrega projetos que dialogam com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4611 e 14 que, respectivamente, atuam por educação de qualidade, água potável e saneamento, cidades e comunidades sustentáveis e vida na água.

Mobilizados pela água

Moradora da cidade de Ribeirópolis (SE), a estudante Karla Kamily é uma das que já estão mobilizadas pelo florescimento ainda maior da Primavera X. Com o apoio de seu professor, a aluna criou um projeto para organizar um mutirão e despoluir o açude de seu município chamado de Açude Cajoeiro. "Nosso objetivo era mudar a qualidade da água para mudar a qualidade de vida população. Do rio costumava sair a renda de muitas famílias porque tinha peixes, e atualmente não serve mais. Depois da conferência, aprendi a tomar iniciativa e envolvi a escola na recuperação do açude. Agora quero compartilhar essa experiência", explica.

A cerca de 1500 quilômetros da cidade de Karla, o jovem Rafael Ferreira também está mobilizado na campanha, mas com o objetivo de promover a limpeza do Córrego Neblina, em Araguaína (TO). Por meio das redes sociais, Rafael e seus colegas resgataram a importância de preservar as águas do local, antes usadas para lazer e pesca.Apenas dois dos milhares de projetos previstos até os dias da realização da grande gincana, estas iniciativas evidenciam a potência da transformação pelas mãos dos estudantes.

"Durante todo este processo, impressiona o grau de comprometimento que estes adolescentes de todo o país demonstram no cuidado efetivo das nossas águas e a confiança e determinação que empenham em mobilizar as suas comunidades para fazerem isso juntos", diz Edgard Gouveia Junior, organizador da Primavera X.

A Primavera X, assim como o Desafio Criativos da Escola, são iniciativas que apostam no trabalho em equipe e ampliam a voz de alunos e alunas que estão disseminando boas ações Brasil afora. "Estas crianças e jovens estão sim mudando as realidades de suas escolas e comunidades, mas mais do que isso: estão dando o importante recado de que vão continuar engajadas para cobrar as soluções que queremos e precisamos ver em todo nosso país", ressalta Gabriel Salgado, um dos coordenadores do Criativos da Escola.

2pro comunicação
Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.