Pastor evangélico alerta cristãos sobre Bolsonaro


O pastor Hermes Carvalho Fernandes, líder nacional da igreja Rhema Brasil, publicou em seu perfil pessoal nas redes sociais um texto de Rodolpho Medeiros, em que afirma que o candidato à presidência Bolsonaro (PSL) é uma espécie de prévia do anticristo, ilustrado na Bíblia no livro de apocalipse. O personagem será uma pessoa que se levantará para governar o mundo durante a chamada “grande tribulação”, no fim dos tempos. Com uma lábia fácil, ele convencerá as pessoas de que é bom, mas produzirá muitas mortes e destruição da fé e dos valores cristãos do amor.

O autor do texto disse que a imagem que se tem hoje do anticristo é baseada na visão americanizada da história, e que não tem referência bíblica. Os traços verdadeiros, segundo o pastor, se assemelham mais às características de Bolsonaro, embora enfatize que não acredita que ele seja o próprio, mas sim um modelo. Confira:
||| BOLSONARO 2018 |||
“Enquanto você olha Bolsonaro com olhos messiânicos eu o enxergo como um anticristo.
Obs* Esse texto é bastante crítico. Sei que muitos que votam nele, votam por medo do PT ele NÃO é para você
Obs 2* Esse texto foi feito como resposta aos fanáticos há anos aparecem em meu Facebook xingando e desqualificando em nome do “bem”
Obs 3* Existe gente do BEM votando em Bolsonauro SEM concordar com tudo o que ele fala. Esse texto NÃO é para vc
Obs 4* Bolsonaro virou seita como o petismo
A bíblia diz que o espírito do anticristo se manifesta durante tempos.
Diz também que o Anticristo consegue enganar até os crentes.
O EUA, com sua indústria midiática, pintou uma visão do anticristo. Um ateu convicto e sedutor, libertino e que depois de um tempo sai matando todo mundo.
Existem séries de livros e filmes falando isso. Até um verdadeiro ateu conhece essa versão.
Se você olhar em João, verá que o espírito do Anticristo não tem nada com isso.
João identificou esse espírito com os agnósticos: gente que acreditava em Jesus, gente que acreditava ter recebido uma revelação exclusiva dos céus e gente bem moralista.
Mas que sutilmente distorcia a interpretação bíblica.
Muito mais sutil do que parece.
Em 2013 uma espécie de “falso profeta”: um sujeito que se diz Cristão e astrológo, que começou a propagar ódio com tons proféticos e messiânicos.
Você já deve ter ouvido falar de: Olavo tem razão!
Foi esse falso profeta que ensinou que “nazismo era de esquerda”, “que a inquisição foi algo positivo”, “que holocausto poderia ser uma fraude”, “que negros escravizavam negros”, “que a ditadura salvou o país” e daí para o pior.
E a classe média, com ódio ao PT foi deduzida.
Interessante que um falso profeta sempre aponta o “espírito” do “Messias”. Identificando o “Anticristo”.
João é claro: Aquele que odeia seu irmão ainda está nas trevas. E o discurso do anticristo surgiu.
Sim, eu realmente espero que o Bolsonaro converta. Meu desejo é que o Espírito Santo possa converte-lo.
Pois da boca dele tem saído coisas que mostram como está o coração.
Cheio de ódio, preconceito e espírito de violência.
E infelizmente o falso profeta apontou ele como Messias. E os seguidores logo se formaram, vivendo sobre o mesmo “espírito”.
Crentes xingando qualquer um que pensa diferente de esquerdopata.
Crentes negando o holocausto.
Crentes demonizando Gays.
Uma comunidade da assembleia tirando foto com seus membros fazendo símbolo de armas.
Crente dizendo que o Estado tem maioria cristã e “quem não gostou” vai embora.
Crente negando a escravidão.
Fica o alerta…
Bolsonaro não é o Anticristo. Mas está agindo por um espírito Anticristo.
Digo: que Deus realmente possa converter seu coração.
Mas me preocupo com os “crentes”… Caíram na conversa de um falso profeta tão raso, imagina quando aparecer o verdadeiro. (Rodolpho Medeiros)”
O pastor evangélico vem publicando cartas ao longo do tempo, alertando os cristãos sobre o erro de apoiar propostas e ideias fascistas, e afirma que quem compactua com tais atitudes está longe da vontade de Deus. Semana passada, inclusive, ele publicou uma carta aberta destinada aos pastores de igrejas evangélicas que estão apoiando Bolsonaro para presidente. O texto instalou uma forte discussão entre os que concordam com a visão evangélica do religioso, e os que não interpretam dessa forma. Leia abaixo e tire sua conclusão:


Fonte: Blog do Zé Carlos Borges
Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.