Valmir reitera posição do PT, cita carta de Lula e diz que movimentos ajudarão Haddad a se eleger



O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), reeleito no pleito no último dia 7 de outubro, reiterou a posição do PT para este segundo turno, citou a carta do ex-presidente Lula e disse que os movimentos sociais vão ajudar o presidenciável Fernando Haddad (PT) a se eleger no próximo domingo (28). Nesta quarta-feira (24), Assunção usou trechos da nova carta de Lula direcionada ao povo brasileiro sobre a importância de se ter um governo voltado para o povo. “O presidente Lula é um preso político, liderava todas as pesquisas de intenção de voto para o cargo maior da nação e teve seu registro cassado injustamente. Outros políticos conseguiram se candidatar em situação pior que a dele, mas temos Haddad no comando e vamos vencer esse pleito para retomar a democracia”, salienta.

Na carta, Lula disse que “neste momento, acima de tudo está o futuro do país, da democracia e do nosso povo. É hora de votar em Fernando Haddad, que representa a sobrevivência do pacto democrático, sem medo e sem vacilações”. O ex-presidente ainda cita o legado dos governos do PT, como por exemplo, o dado de que mais de 36 milhões de pessoas foram retiradas da miséria e que mais de 40 milhões foram à classe média. Para o deputado petista, as forças hegemônicas do país têm ódio por conta do PT ter tiramos o Brasil do Mapa da Fome e por ter gerado empregos. “Foram criados mais de 20 milhões de empregos com carteira assinada, em 12 anos, e elevamos o valor do salário mínimo em 74%. Lula cita ainda que nos odeiam porque fortalecemos o SUS, criamos as UPAS e o SAMU que salvam milhares de vidas todos os dias”.

Segundo Valmir, essa foi uma campanha de muita luta e que os movimentos sociais farão a diferença mais uma vez, como os inúmeros fake News circulando. Ele acredita que as frentes de luta pela retomada da democracia no país comandam uma virada surpreendente neste segundo turno. “Vamos continuar mudando a vida das pessoas mais pobres. Teremos mais tempo para cuidar das famílias e desenvolver ainda mais programas como o Bolsa Família e de acesso à água e luz”, completa. Assunção finaliza dizendo que foi o PT que abriu as portas da Universidade para quase 4 milhões de alunos de escolas públicas, de negros e indígenas. E que “Haddad vai seguir o mesmo caminho com mais institutos federais e com mais escolas técnicas para dar oportunidade aos jovens nas cidades onde vivem com suas famílias”.

Ascom do deputado Valmir Assunção
Vitor Fernandes (DRT-2430)
71 988789657
Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.