Carta do leitor: SAAE de Juazeiro: caro, ineficiente e ‘bruto’


Na última sexta (23), por volta de 11 horas, estava chegando em casa, no Bairro João XXIII e encontrei uma equipe do SAAE que estava finalizando um serviço. Parei o carro na frente de casa e fui tentar dialogar com a equipe, no intuito de tirar dúvidas e fazer uma sugestão para melhoria daquele serviço. Porém, fui surpreendido com a reação do funcionário público, que sequer se dispôs a se aproximar para me ouvir.

De dentro do carro, com a porta entreaberta, o sujeito dava resposta bastante grosseiras, antes mesmo que eu completasse as frases, de forma que, a certa altura, fiz questão de demonstrar minha insatisfação com aquele tratamento. “Parceiro, estou apenas tentando tirar uma dúvida e fazer uma sugestão”, argumentei eu, enquanto o ‘colaborador’ do SAAE rebatia de forma rude. Pouco antes o funcionário havia se negado a sair do carro e vir até o local do serviço para eu apresentar a minha sugestão.

Diante do péssimo tratamento, peguei o celular e avisei que filmaria aquela situação. A resposta dele foi rápida e em tom ameaçador: “se quiser eu vou aí perto de você!”

A brutalidade do sujeito só parou quando comecei a filmar. Ele fechou a porta, um colega que estava do lado de fora (e a todo tempo permaneceu calado, assim como o motorista que estava dentro do veículo) entrou no carro e em seguida saíram, sem dar nenhuma satisfação. Após isso uma vizinha relatou que também tinha sido tratada de maneira desrespeitosa ao tentar obter informações de como seria realizado o serviço.

A cada mês me sinto “roubado” com a taxa de coleta de lixo que pago para o SAAE. Na minha residência essa taxa aumentou cerca de 500% no golpe ao consumidor, realizado pela administração municipal, quando mudou a taxa do IPTU para a conta de água. Isso sem falar na taxa de coleta de esgoto, que eu sempre lembro o absurdo que é pagar isso enquanto vejo os riachos transformados em “corredores de merda”.

Diante da situação deixo algumas inquietações e sugestões:

1 - que a equipe do SAAE possa passar por formações de atendimento ao consumidor;
2 - lembro que funcionário público, antes de qualquer coisa, deve servir bem ao povo. Isso não quer dizer que deve concordar com aquilo que dizemos, mas ouvir atentamente e avaliar o que está sendo proposto;
3 - é necessário mudar a forma de fazer serviço público. É preciso ouvir as pessoas, consumidoras/es, cidadãs/ãos. Neste caso, somos nós quem convivemos com baratas e ratos que saem dos bueiros, bem como somos nós quem, durante as chuvas, desentupimos os bueiros para que a água possa seguir seu caminho sem alagar as casas das famílias que moram perto dos bueiros;
4 - por viver a realidade local, nós temos conhecimento e podemos ajudar a resolver os problemas. O que custa ao SAAE e outros órgãos da administração pública nos ouvir antes de tomar decisões que nos envolvem?
5 - é imoral a taxa abusiva de coleta de lixo praticada pelo SAAE;
6 - se o serviço de saneamento não funciona bem (a - abastecimento de água b - coleta e destinação correta do esgoto, c - coleta e destinação correta do lixo e d - manejo das águas pluviais) então eu não deveria pagar, pois o serviço é ineficiente, principalmente no que diz respeito aos itens b e d.

E antes que alguém queira usar minha reclamação para fazer ataques indevidos a administração municipal ou defender a privatização do SAAE, digo que minhas insatisfações foram acima apresentadas de forma muito específicas e que o SAAE pode e deve fazer um bom serviço, cobrando um valor menor em suas taxas, com respeito ao consumidor e maior eficiência.

Outra coisa importante é não generalizar quanto ao atendimento das pessoas que trabalham no SAAE. Um funcionário nos tratou muito mal e mais dois nada fizeram, sequer se dispuseram a ouvir. Isso não quer dizer que toda a equipe do SAAE haja da mesma maneira. Entretanto, há um problema, que precisa ser observado com o zelo que se pede com a “coisa pública”.


Acima o vídeo 

Álvaro Luiz
Jornalista
Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.