“Todo mundo sabe que Lula é um preso político”, diz Valmir sobre ida de Moro para o governo Bolsonaro

A ida do juiz federal Sérgio Moro para compor o governo Bolsonaro (PSL) como ministro da Justiça repercutiu em todo o país e até fora dele. Para o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), a questão é muito mais complexa do que se imagina. Assunção diz que o juiz não teve imparcialidade no julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, “tanto que o condenou sem provas, apenas para tirá-lo da disputa e deixar o caminho aberto para a vitória de um político conservador”.

Nesta terça-feira (6), o parlamentar petista lamentou as recentes declarações de Moro e ratificou que Lula é um preso político. “Todo mundo sabe que Lula é um preso político. Não tem como esconder isso. A população já entendeu que tudo não passou de um ato para retirar o ex-presidente da disputa eleitoral. Se não há provas, não existe crime. Com a condenação, o evento pirotécnico e as intervenções de Moro no processo eleitoral foram evidentes para que favorecessem o seu candidato”, dispara Valmir.

Segundo Assunção, o processo que o Brasil passa é “bastante perigoso”. Ele aponta que o país pode ir para o abismo social e financeiro, além de travar diversas relações internacionais. “Estamos vivendo um processo muito difícil, que a sociedade sentirá em pouco tempo e espero que não seja tarde. Existe uma necessidade de retomar o processo de gestão com o povo como referência. Não podemos abrir mão das demandas das minorias. Precisamos criar mais um meio de assegurar que o povo pobre e marginalizado do país volte a ter voz”, completa.

Ascom do deputado Valmir Assunção
Vitor Fernandes (DRT-2430)
71 988789657

Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.