Representante dos professores do estado Rui Oliveira afirma que greve geral é provável após aprovação de projeto contra gratificações


O presidente da APLB-Sindicato, Rui Oliveira, afirmou nesta segunda-feira (17) que os professores da rede estadual de ensino foram “surpreendidos” com a votação do projeto que altera o sistema de gratificações por estímulo aos profissionais de educação (lembre aqui). “Nunca se votou nada nessa Assembleia Legislativa dia de segunda-feira de manhã. Isso é um golpe, porque ele [o governador] sabia que nós convocamos a categoria para aqui amanhã às 14h”, reclamou Rui, que acompanha a apreciação do projeto no Legislativo estadual.

Para o dirigente sindical, caso aprovado, é “provável” que os professores deflagrem greve na rede estadual de ensino. “É um absurdo deputados que se dizem de esquerda, ter papel de direita. E deputados do campo da esquerda compactuando com a política de direita. Exatamente como Bolsonaro quer. Agora nós vamos reagir, vamos convocar uma assembleia e se passar esse negócio aqui, vai ter greve geral na rede estadual, pode ter certeza”, ameaçou Oliveira.

Segundo o coordenador da APLB-Sindicato, a categoria tenta mobilizar os profissionais após a “surpresa” – ainda que a convocação da sessão da Assembleia Legislativa [AL-BA] tenha sido amplamente divulgada desde a última quinta (13).  

“O governo de maneira rasteira, de maneira sorrateira e com a prática da direita faz isso e os deputados acovardados vão votar uma matéria contra o interesse dos trabalhadores. Vai ter troco”, provocou Oliveira.

Fonte: Bahia Noticias
Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.