Bahia perde para o Bahia de Feira na Fonte Nova


Dentro da Arena Fonte Nova, a equipe reserva do Bahia foi derrotada pelo Bahia de Feira por 2 a 0 na noite desta quarta (30), pela terceira rodada do Baianão. Apesar do revés, há pontos positivos para se tirar, de acordo com Enderson Moreira. O técnico valorizou a produção ofensiva do time, mas reconheceu que o adversário teve mais eficiência para ficar com os três pontos. 

"Sempre falo que não está tudo certo quando ganha de sete como não está tudo errado quando perde um jogo. Se você for ver os estaduais, estamos cheios de resultados um pouquinho diferentes. Acho que a gente produziu bem para vencer o jogo. A gente teve volume de jogo, ótimas situações para fazer o gol, tivemos um pênalti. Eles foram mais eficientes. Mérito deles. Uma noite feliz deles e infeliz nossa", afirmou.

O comandante tricolor comentou os gols sofridos, lamentou o pênalti perdido pelo atacante Clayton ainda no primeiro tempo e reiterou as boas jogadas da equipe que acabaram sendo paradas pelo goleiro Jair.

"A questão da exploração do contra-ataque [pelo Bahia de Feira], acho até que não aproveitaram tanto. Tiveram duas ou três. A gente conseguiu até filtrar bem isso. Tomar um gol do jeito que a gente tomou, um arremesso lateral, um lance fácil de ser evitado. Tudo o que aconteceu no jogo poderia modificar rapidamente. Se a gente faz o gol no pênalti, o jogo poderia ter sido outro. A gente tentou, finalizou, boas cobranças de falta, boas defesas do goleiro. A gente não conseguiu ser efetivo. Acho que é a palavra mais correta. Tivemos o controle, mas não fomos eficientes e saímos derrotados", explicou.

Com quatro pontos na competição estadual, o Bahia agora foca no clássico contra o Vitória, no próximo domingo (3), às 17h (horário de Salvador), pela terceira rodada da Copa do Nordeste.


Fonte: Bahia Noticias
Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.