“A graça que lhes concedeu de ensinar as crianças, de anunciar-lhes o Evangelho e de educar seu espírito religioso é um grande dom de Deus”, dizia São João Batista de la Salle, fundador dos Irmãos das Escolas Cristãs (Irmãos Lasallistas) nomeado por Pio XII o Padroeiro dos educadores.
São João Batista de la Salle nasceu em Reims (França) em 1651 em uma família rica. Desde pequeno desejou ser sacerdote. Graduou-se como Professor em Artes e ingressou no Seminário de São Sulpicio em Paris. Aos 19 anos morreram seus pais e assumiu a responsabilidade de educar seus irmãos menores.
Foi ordenado sacerdote aos 27 anos. Com o tempo parecia que ocuparia altos cargos eclesiásticos, mas via que Deus o chamava aos mais pobres. É assim que começa a se reunir com um grupo de professores, dando-lhes formação humana, pedagógica e cristã. 
No dia 24 de junho de 1681, João Batista de La Salle e seus professores iniciam vida em comunidade em uma casa alugada, marcando o nascimento dos Irmãos das Escolas Cristãs.
Dentro de suas reformas na educação, o santo introduziu o ensino de crianças em grupo, já que até esse momento se instruía a cada um separadamente, iniciou uma escola gratuita em Paris para rapazes pobres e fundou universidades em Reims e Saint-Denis para formar professores.
Nesse então houve uma carestia terrível na França e o Santo repartiu todos os seus bens para ajudar os necessitados.
Em 1686, oito de seus seguidores emitiram seus primeiros votos na companhia que São João Batista fundou e em 15 de agosto consagrou sua comunidade à Virgem Maria.
Costumava a viajar a pé solicitando alojamento e alimento. Sua batina e seu manto eram tão pobres e descoloridos, diziam, que nem um indigente os aceitaria como doação.
Passava muitas horas em oração e insistia aos membros de sua comunidade que aquilo que mais êxito confere no trabalho de um educador é orar, dar bom exemplo e tratar a todos como Cristo recomendou no evangelho: "fazendo a outros todo o bem que desejamos que outros nos façam".
Em 7 de abril de 1719, Sexta-feira Santa, partiu para a Casa do Pai. Suas últimas palavras foram: “Adoro em tudo a vontade de Deus para comigo”. Foi canonizado em 24 de maio de 1900 e em 15 de maio de 1950 foi nomeado “padroeiro celeste, junto a Deus, de todos os educadores", pelo papa Pio XII. No Brasil, os Irmãos das Escolas Cristãs se estabeleceram em 1907, espalhando-se pelos estados do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

FONTE:acidigital