Casa Nova encerra a 30ª Festa ao amanhecer com milhares ainda no pátio


O domingo maior da 30ª Festa do Interior de Casa Nova superou até as mais otimistas previsões: Mais de cem mil pessoas passaram pelo pátio, nenhuma ocorrência de violência digna de registro, satisfação dos barraqueiros e ambulantes, externos e internos e poucos atendimentos médicos, concentrados durante o show de Wesley Safadão.
Além do pátio, como é tradição na cidade, destacaram-se as feijoadas e churrascos promovidos por políticos ou pessoas da comunidade que reúnem dezenas, alguns até centenas de pessoas, com som e muita bebida. Todos realizados em paz.
As bandas iniciais, já tocaram para um público enorme que aguardou Wesley Safadão, que não decepcionou. Simpático, abriu espaço para o garoto Joanderson, um fenômeno do acordeom com dez anos de idade e para Paloma Nunes, também acordeonista da região.  Chamou para cantar em dueto o Deputado Tum e com elogios à Casa Nova, (“a cidade que tem as mulheres mais bonitas da Bahia”), Wesley, conquistou e fez cantar quem estava no pátio de eventos e foi conquistado pelo carinho do público: o show programado para uma hora e meia durou duas horas.
O clima de entusiasmo com a presença de Wesley Safadão permaneceu ao longo da noite. Parangolé, registrando que estava vindo de Juazeiro, fez uma apresentação que balançou o chão da praça e Sandrinho do Acordeon, um garoto mestre no instrumento, fez todo mundo dançar até a luz do sol suplantar os holofotes do palco.
E ninguém queria ir embora.
Com a ansiedade natural de quem faz um empreendimento sem chance de erros, o Prefeito Wilker Torres, já de manhã, cansado, respirou fundo e comemorou: “Nenhum acidente, nenhuma violência, amor e alegria”.
Perguntado se ao longo dos três dias da festa houve algum momento ou fato que tenha se destacado, Wilker responde: “Desde o primeiro dia vi que iríamos superar as previsões de público. Essa é uma coisa que me impressionou. Outra coisa foi a forma como nosso povo conquista quem vem de fora. Foi assim com cada artista que se apresentou. É muito carinho, alegria e reconhecimento que os artistas percebem e retribuem. Foram shows de ficar na história! ” – Citando Wesley Safadão, Márcia Felipe , a Banda Parangolé e Belluco, que fizeram declarações e elogios ao povo de Casa Nova e “querem voltar”, encerra rindo.


Para casa, de volta à localidade do interior, à cidade longínqua onde mora ou ao bairro da cidade; o casanovense, às centenas nas ruas, ao amanhecer, é só alegria: ‘Ano que vem tem mais! ”

Manoel Leão
ASCOM PMCN 
Fotos: Gil Castro 

OUTROS REGISTROS/IMAGENS FOTOGRÁFICAS DO EVENTO










Compartilhar no Google Plus

Postado por George Silva

Entre em contato conosco através do e-mail: sobradinhonoticias@hotmail.com para envio de notícias, sugestões e outros assuntos.