Artigo: Nós educadores precisamos nós unir, sendo exemplo e endurecer a luta por todos e todas


Nós profissionais da educação e formadores de opinião, temos que nos unir cada vez mais e defender nossos direitos. Veja os militares estão unidos contra a inclusão deles na reforma da previdência, eles não abrem mão de suas vantagens, e como o governo de Bolsonaro é militar, dificilmente irá de encontro aos seus pares.

Quando digo que temos que nos unir é porque somos a maioria e uma das classes mais importantes do país. A nossa luta não pará. Como sabemos, eles, os senhores do poder sempre acaba prejudicando os menos favorecidos em determinados momentos. Então, a luta se faz necessária, é salutar o nosso  empenho enquanto educadores exemplares, contra a reforma da previdência em 2019.

Já existe um indicativo de mobilização grevista da categoria em março, não fique parado educador, você é importante pra nação, diga não à reforma da morte.

Ariovaldo Alves de Brito -  Professor de História na rede pública estadual e municipal, Conselheiro de Educação de  Sobradinho, diretor regional da APLB Sindicato.
Entre em contato conosco também via WhatsApp!