“Bolsonaro tomou um baque no domingo, mas segue chantageando os poderes no Brasil”, denuncia Valmir


A crise política e institucional no Brasil está longe de ser resolvida. É o que afirma o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), nesta terça-feira (28), ao avaliar as manifestações do último domingo a favor do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e ao analisar o método de chantagem de sua gestão para tentar aprovar a Reforma da Previdência. “O presidente convocou a sociedade para fazer uma mobilização no último domingo, fez chantagem com o Supremo Tribunal Federal [STF], com o Congresso e a população que ele esperava não foi para as ruas para defender seu governo. Foi um baque no domingo, mas ele segue chantageando os poderes no Brasil”, destaca Valmir.

Para o parlamentar petista, “a gestão de Bolsonaro faz chantagens todos os dias, mente todos os dias”, e continua enviando propostas para retirar direitos da classe trabalhadora, como a Reforma da Previdência. “Querem impedir que as pessoas tenham o direito a se aposentar. Um presidente que diz que vai fazer uma nova política e, ao contrário, faz a velha política atrasada e arcaica que visa, simplesmente, que ele detenha o poder do povo brasileiro e isso não pode acontecer. Não é assim que se faz política”.

Assunção ainda fala sobre a importância de manter a harmonia entre os poderes para auxiliar o povo do país, que sofre com medidas impopulares e de retiradas de direitos, além de problemas estruturais que não são solucionados pela atual gestão. “Aqui no Brasil temos três poderes, o Judiciário, o Legislativo e o Executivo. Eles têm de viver harmonicamente para defender o povo brasileiro, que precisa de intervenções centrais para a geração de emprego, renda e desenvolvimento. Todos querem salários dignos e direito a se aposentar”, completa.

Ascom do deputado Valmir Assunção
Vitor Fernandes (DRT-2430)

Entre em contato conosco também via WhatsApp!