Assentamentos em Casa Nova são prioridades para mandato do PT

O primeiro mandato do Partido dos Trabalhadores – PT, na Câmara de Vereadores de Casa Nova tem se caracterizado por compromisso e comprometimento maior com os segmentos organizados da sociedade e com aqueles que mais necessitam do poder público, a exemplo dos sem teto, dos pequenos trabalhadores rurais, desempregados e minorias.
Com o acirramento das ações contra as políticas de distribuição de terras, contra a reforma agrária e perseguição aos trabalhadores sem-terra, invasão e destruição de assentamentos e até assassinatos de líderes campesinos, Zé Carlos Borges, que exerce o primeiro mandato do PT em Casa Nova, resolveu; “dedicar nosso mandato preferencialmente ao apoio aos trabalhadores do campo”.
Nesta sexta-feira (13/09), Zé Carlos Borges, acompanhado do líder sindical Bartinho – STR de Casa Nova, do líder comunitário Zé Lopes, do Professor Everaldo Libório e do advogado Marcos e Valgean, esteve no Assentamento Santa Luzia, reunido com representantes da Associação dos Produtores e Comercialização do Assentamento.
“Discutimos as pressões que estão acontecendo, a nova realidade política do Brasil e ouvimos os assentados” – explica Zé Carlos – “Vamos requerer urgência na demarcação e cadastro ambiental do assentamento junto ao governo do estado e, atendendo outro pleito dos assentados, encaminhamos o pedido de uma unidade de saúde e o cadastramento biométrico na comunidade”.
Para Zé Carlos Borges estar presente aos assentamentos, aliar-se à luta pela melhoria das condições de vida das populações rurais, defender o direito à terra, titulada e com assistência, é “uma tarefa que cumprimos com prazer. Não há desenvolvimento real se não olharmos para os que mais precisam”.
Participaram da reunião dezenas de assentados, a Presidente da Associação Maria Genelice Rodrigues Freire e o representante Jorge Aleixo de Sousa

Manoel Leão
Entre em contato conosco também via WhatsApp!