Encontro de produtores em Sobradinho discute projeto de cultivo e comercialização de acerola orgânica


Os desafios e vantagens do cultivo da acerola orgânica foi um dos principais assuntos discutidos por dezenas de produtores rurais de Sobradinho, durante um encontro realizado no último sábado dia 26, no plenária da Câmara de Vereadores da cidade.
O encontro foi promovido pela Cooperativa Agroindustrial Vale do Paraíso (Cooperparaíso), entidade responsável pela instalação de uma industria de beneficiamento de frutas que, em breve vai estar processando e comercializando a produção de mais de 200 famílias vinculadas à cooperativa.
O presidente da Cooperparaíso, Josivan Santos, apresentou diversas fases e momentos do projeto encampando pela cooperativa que em parceria com as famílias de produtores e de associações, iniciaram a produção de acerola no município. Josivan destacou também a iniciativa de algumas comunidades que já colhem as primeiras safras de acerola no município e  enfatizou  que, o cultivo orgânico é determinante para o projeto porque atende o contrato comercial feito com a empresa Sono Brazil, responsável pela compra e exportação dessas acerolas, principalmente para o mercado internacional que, tem preferência por esse tipo de cultivo livres de resíduos químicos.
Josivan fez algumas estimativas acerca do volume de produção e exportação previstas para os próximos meses, tão logo a Cooperparaíso conclua as instalações das maquinas e demais acessórios e  execute o plano de negócio já aprovado pelas instituições parceiras e financiadoras do projeto.
Muitos dos produtores presentes no encontro, assim como técnicos da cooperativa, que prestam assistência às famílias, vem participando de seminários e cursos sobre o processo de produção e certificação orgânica. Nesses eventos, eles passam a compreender não só os procedimentos e normas, como também à legislação que versa sobre o assunto, porque esses produtores e suas propriedades deverão ter o selo de certificação orgânica emitido pelo IBD e exigido no momento da comercialização das acerolas.
Mesmo diante dos desafios com relação aos tratos e manejos orgânicos, tem muitos produtores de Sobradinho animados com plantio e com os resultados de uma boa produção na qual todos terão a garantia de uma venda e uma rentabilidade satisfatórias o que vai impulsionar muito a economia no município.

Ascom/Cooperparaíso

Entre em contato conosco também via WhatsApp!