Vereador do PT e familiares de garota com um tipo de câncer promovem "vakinha" virtual para ajuda-lá


Familiares, amigos e o vereador do PT de Salvador, Luiz Carlos Suíca, estão realizando campanhas de solidariedade em busca de recursos para ajudar a melhorar as condições de vida da menina Raiana que sofre com um tipo de câncer chamado Osteosarcoma, a jovem é moradora do bairro Nova Constituinte, localizado no Subúrbio Ferroviário da capital baiana, Salvador.
Uma 'vakinha virtual faz parte de uma dessas campanhas que está sendo promovida em prol da criança Raiana. O vereador que também é apresentador do programa 'De Olho na Cidade', da TV Baiana, tem divulgado o caso no ar, em horário nobre, durante toda a semana. Uma matéria sobre Raiana foi ao ar, onde o próprio apresentador visitou a casa da menina, e pôde ver de perto as condições que não são favoráveis para a situação na qual a está a criança.
O sonho da garotinha é ter seu quarto, pois o que ela dorme divide com os irmãos.
Suíca informou que, com a ajuda de alguns amigos, irmãos e parceiros, solidários a causa, todos conseguiram comprar alguns matérias de construção, dando inicio a obra necessária. Mas, ao iniciar os trabalhos no telhado do quarto da casa onde Raiana reside, uma parte cedeu, causando mais um motivo para intensificar a campanha para agilizar a reforma completa da residência.
Raiana precisa de ajuda e para colaborar a partir da vakinha virtual pode começar (clicando aqui).
A casa onde a garotinha reside com seus familiares está precisando de melhorias, para evitar mofo, umidade, possíveis vazamentos e de tudo que possa afetar sua saúde, já abalada por conta do câncer. Raiana segue fazendo quimioterapia, que a deixa com baixa imunidade.
A menina, é guerreira, mas precisa da nossa solidariedade para continuar com a luta. Essa menina é extremamente inteligente”, disse o vereador de Salvador.
Suíca também visitou o Esporte Clube Bahia, onde o clube tem colaborado bastante, uma das contribuições foi a doação de uma camisa oficial do clube, com 28 autógrafos dos jogadores do tricolor baiano, que será sorteada no final da campanha. A meta da 'vakinha' é atingir R$60 mil reais.
O edil ainda citou o artilheiro Gilberto, que está entre os nove melhores artilheiros do mundo, de acordo com Suíca, o jogador foi o primeiro a autografar a camisa. 
Ajude, não fique de fora, compartilhe essa corrente de solidariedade.
Participe e concorra a uma camisa autografada do Esporte Clube Bahia.

Conheça a doença - Osteosarcoma

O osteosarcoma, também denominado sarcoma osteogénico, é um tumor maligno bastante indiferenciado, com alto grau histológico, resultante da proliferação de células alongadas, fusiformes (spindle cell), no interior de um osso. Os osteosarcomas pertencem ao grande grupo dos tumores do tecido conjuntivo, os sarcomas. A sua característica peculiar é que as células malignas produzem osso imaturo, osteóide, a partir do estroma das células fusiformes. Metastizam por via hematogénica para os pulmões. Existem várias variantes patológicas deste tipo de tumores, das quais se salientam o osteosarcoma associado à doença de Paget dos ossos e o osteosarcoma induzido por radiações. 
O osteosarcoma é a doença maligna primária do tecido ósseo mais frequente, no entanto é uma neoplasia relativamente rara. É um tumor típico das idades jovens, com um pico de incidência no grupo etário entre os 10 e 25 anos. Representa 5% de todos os cancros em crianças. 
Qualquer osso pode ser atingido, mas a maior parte origina-se nos ossos longos das extremidades, especialmente o fêmur, tíbia e húmero. Os osteosarcomas crescem no interior dos ossos e invadem o córtex – zona periférica dos ossos, causando destruição cortical e envolvimento dos tecidos moles adjacentes – músculos, tendões e vasos sanguíneos, o que origina os dois sintomas clássicos da doença, dor e inchaço locais.

FONTE: Pernambues Agora (site)
Entre em contato conosco também via WhatsApp!