Movimento de Mulheres de Sobradinho - Mulheres em Foco emite nota sobre assassinato de Edilene


Em nota, o MOVIMENTO MULHERES EM FOCO de Sobradinho se solidariza com familiares e amigos, e cobra justiça pelo assassinato de Edilene, no último domingo (15).

Nota 

Neste fim de semana em Sobradinho Bahia, mais uma mulher foi silenciada pelo machismo, pela covardia, pelo patriarcado que insiste em se manter em nossa sociedade.

Edilene dos Santos Carvalho mais conhecida como Leninha foi mais uma vitima do feminicídio, onde foi brutalmente assassinada em sua própria casa pelo seu ex companheiro, e caso corre na justiça.

Casos como esse acontecem a cada segundo no mundo. Homens que insistem em achar que a mulher é sua propriedade e usando da violência física, psicológica, sexual, patrimonial e moral para aterrorizar e assim manter um relacionamento abusivo.

“No Brasil em três anos 3.200 mulheres foram vítimas do feminicídio antecedidas por outros tipos de violência”. (Fonte: Correio Braziliense 01/01/2020)
Hoje infelizmente vivemos momentos de retrocesso onde a intolerância, o machismo, a homofobia, o racismo estão sendo incentivados.

“A violência contra a mulher deve ser combatida com politicas públicas direcionadas a igualdade de gênero e ao fim da cultura do machismo...

Devem ser implementadas e reforçadas ações de conscientização, prevenção, acolhimento e acompanhamento psicológico de vitimas e agressores, visando uma mudança comportamental sem a qual a violência não irá cessar. A punição é importante, mas não basta. É PRECISO QUE ESTAS MORTES NÃO ACONTEÇAM MAIS” Fonte: Consultor Jurídico,16/08/19.

O Movimento Mulheres em Foco presta suas condolências a familiares e amigos.

Esperemos que as autoridades competentes façam JUSTIÇA a Edilene. Fazer justiça a Edilene é fazer justiça a todas as mulheres que todos os dias se veem vítimas de alguma forma de violência nessa sociedade machista. 

MEXEU COM UMA, MEXEU COM TODAS!


Ascom Movimento Mulheres em Foco
Entre em contato conosco também via WhatsApp!