“Senado precisa aprovar urgente o auxílio emergencial durante pandemia”, diz deputado


O pagamento do auxílio emergencial por três meses para trabalhadores autônomos, informais e sem renda fixa durante pandemia do novo coronavírus no Brasil é defendido pelo deputado estadual Marcelinho Veiga (PSB) como fundamental para enfrentar a crise sanitária. Nesta segunda-feira (30), o parlamentar cobrou a votação urgente da medida no Senado Federal, que já sinalizou que vai apreciar a medida ainda hoje.

“Senado precisa aprovar urgente o auxílio emergencial durante pandemia. Isso vai ajudar as famílias a se manterem em quarentena para que o país possa conter o vírus que já matou mais de 30 mil no planeta em pouco tempo. Não tenho dúvidas que a medida aprovada na Câmara passará também no Senado, todos querem união neste momento difícil. Os senadores estão acompanhando a situação e a votação deve acontecer a qualquer momento”, aponta Marcelinho.

Esse pagamento de um auxílio emergencial será por três meses, no valor de R$ 600, e pode chegar a R$1.200. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que se recupera da Covid-19, já tinha apontado que a votação aconteceria nesta segunda. A sessão na Casa está prevista para ocorrer às 16h.

Ascom do deputado Marcelinho Veiga
Vitor Fernandes (DRT-2430)
Entre em contato conosco também via WhatsApp!