Aplicativo para inscrição no Cadastro Único será lançado na próxima terça-feira


Aplicativo para inscrição no Cadastro Único será lançado na terça-feira, dia 7, pelo Governo Federal em parceria com a Caixa Econômica Federal. Trabalhadores informais que têm direito ao auxílio emergencial de R$ 600 poderão se inscrever pelo aplicativo. Aqueles que já são cadastrados não precisam baixar.

Em coletiva no Palácio do Planalto, nesta sexta-feira, dia 3, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, anunciou a criação de um aplicativo de celular para a realização do cadastramento e da atualização cadastral no Cadastro Único. A partir de terça-feira, dia 7, o aplicativo estará disponível, e os trabalhadores informais poderão baixá-lo, preencher os dados solicitados e fazer o cadastramento. Aquelas pessoas que já possuem o cadastro não precisam baixar o aplicativo. Para quem não sabe se tem o cadastro, o aplicativo também servirá como consulta, bastando colocar o número do CPF.

Para ter direito ao auxílio emergencial de R$ 600 reais, os trabalhadores informais, além de estarem inscritos no Cadastro Único, precisam cumprir os requisitos estabelecidos pelo Governo Federal. São eles:

- Ser maior de 18 anos
- A família ter uma renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo, que corresponde a R$ 522,50; ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos, que totaliza R$ 3.135,00
- Não ter tido rendimentos tributáveis, em 2018, acima de R$ 28 mil 559 reais e 70 centavos

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, explica como fica a situação dos trabalhadores informais.

Quem recebe o Bolsa Família em um valor menor que R$ 600 reais deve receber, automaticamente, o auxílio emergencial de R$ 600 reais no calendário de pagamento que se inicia no dia 16 e vai até o dia 30.

Vale lembrar que o aplicativo só estará disponível na terça-feira. Mais informações no site www.cidadania.gov.br.

Reportagem Jéssica Barz
Entre em contato conosco também via WhatsApp!